terça-feira, 15 de maio de 2012

AD nos EUA se posiciona diante das declarações de Obama


Dário José

A Assembleia de Deus norte-americana, que é uma das maiores entre as denominações pentecostais dos Estados Unidos (3 milhões de membros), se posicionou na última quinta-feira, 10/05, se opondo oficialmente à postura do presidente Barack Obama  a favor do casamento de pessoas do mesmo sexo.

George O. Wood

Veja o e que disse George O. Wood, Superintendente Geral das Assembleias de Deus nos EUA: 

“A Bíblia ensina claramente que o casamento deve ser um compromisso de vida inteira entre um homem e uma mulher”.

“Embora tenha se tornado muito comum citar a Bíblia grosseiramente fora de contexto para atender a uma agenda pessoal ou política, isso, porém não muda o que a Palavra de Deus declara claramente”.

“A crescente aceitação cultural da identidade e conduta homossexual, masculina e feminina, é sintoma de uma desordem espiritual mais ampla que ameaça a família, o governo e a igreja. Atividades homossexuais de todos os tipos são contrárias aos mandamentos morais que Deus nos deu”.

A edição dessa semana da revista americana Newsweek traz o presidente Barack Obama na capa, tendo acima da cabeça uma auréola nas cores do arco-íris (alusão ao movimento e à bandeira gay). Traz também a frase: "The first gay president" (Primeiro presidente homossexual). O artigo é assinado pelo jornalista gay Andrew Sullivan.

Capa da Newsweek de 14 de maio
 
Capa da revista New Yorker, que será publicada segunda-feira, dia 21/05, tendo as colunas da Casa Branca com as cores do arco-íris (orgulho gay), do artista Bob Staake, aludindo ao apoio de Obama à união gay

Clique aqui e veja o primeiro post sobre este assunto.

Sola Scripturas!

Um comentário:

  1. Prezado Pr. Dário, como tenho dito na blogosfera, exalto a coragem da Ad americana em posicionar-se diante dos fatos. Infelizmente, não é o que acontece aqui no Brasil.

    ResponderExcluir