quinta-feira, 3 de maio de 2012

Há casamento perfeito?



Dário José

Não há casamentos nem cônjuges perfeitos, o que se tem são casamentos reais, onde a convivência se encarrega de revelar paulatinamente, tanto os defeitos como as qualidades de cada um. Os temperamentos de ambos afloram, as diferenças existentes em cada sexo são totalmente expostas.

As experiências antes do SIM são regadas à base de sonhos. As experiências após o SIM são todas calcadas na realidade do que de fato somos.

A Palavra de Deus revela que não há perfeição no ser humano (Romanos 3.23).  Mas, a sua Palavra também aponta o caminho para a obtenção de um casamento ideal, apesar das diferenças e das imperfeições. Manter um casamento ideal requer esforço, perdas, autonegação, e, acima de tudo, obediência a Deus (Efésios 5.22-33).

O casamento é a celebração de um plano preparado por Deus para a vida dos casais (Gênesis 2.18)! Celebrar é comemorar com entusiasmo e alegria. O Senhor Jesus profetizou sobre a "crise do casamento" nos últimos dias, onde o relativismo, hedonismo e o secularismo permeariam toda a humanidade (Lucas 17. 26-30)

Mas, para os que obedecem à Palavra de Deus, o casamento é motivo de celebração, pois dar origem e sustentação à família (Gênesis 2.22-24: Mateus 19.4-6).  O casamento é também uma aliança feita entre pessoas de sexos opostos – diante de Deus, da família, da sociedade  e da igreja – de serem marido e mulher enquanto viverem (Malaquias 2.14).

Nenhum comentário:

Postar um comentário