quinta-feira, 10 de maio de 2012

Reconstruindo os muros do matrimônio



Dário José

O matrimônio ou casamento, que  é a união legítima e legal l entre homem e mulher, visando a constituição de família, ao longo da sua história, precisa construir e reconstruir "muros' de proteção.

Construir é difícil, reconstruir é mais difícul ainda! Reconstruir é o mesmo que reformar, refundir, reorganizar, reestruturar; recompor, reconstituir, rememorar,

Os muros servem como paredes defensivas, como uma fortaleza de proteção ou de separação a uma casa a tudo que a circunda.

As famílias e os casamentos estão se fragmentando, se deteriorando a cada dia. Há um processo lento, porém contínuo, que aponta para o fim da família.  O Senhor Jesus profetizou sobre essa “deteriorização” na família e nos casamentos, advertindo a sua Igreja acerca dos últimos dias (Lucas 17.26-30). 

O tipo da família tradicional, quase não existe mais. Veja a mudança ao longo do tempo:

Família patriarcal – Família patriarcal é aquela em que o chefe de família, o pai, era o patriarca e tinha poder absoluto em sua casa;
Família Matrimonial– união indissolúvel (segue a visão da Bíblia e da Igreja);
Família Informal – união estável ou concubinato;
Família Homoafetiva – união de pessoas do mesmo sexo, com filhos adotados ou gerados por fertilização e/ou “barriga de aluguel”;
Família Monoparental – união formada por qualquer dos pais e seus descendentes;
Família Pluriparental – união formada por casal com filhos provenientes de relações anteriores;
Família Paralela – união de concubinato adulterino.

Quais são os "muros" que devem ser preservadas no casamento?

Amor conjugal - o marido deve amar a esposa como Cristo ama a Igreja (Efésios 5.25-29,33; Filipenses 3.19; I Pedro 3.7).O livro de Cantares fala do amor em três dimensões: afetividade (Cantares 2.10-17), intimidade (Cantares 5.10-16) e sexualidade (Cantares 7.1-13).

Submissão conjugal a esposa deve ser submissa ao marido como ao Senhor, e o esposo deve se submeter a Cristo (Efésios 5.22-24; Filipenses 3.18; I Pedro 3.1-6);

Fidelidade conjugal os cônjuges devem manter a fidelidade enquanto viverem (Provérbios 5.1-20; Eclesiastes 9.9; I Coríntios 6.15-20).

Desempenho correto dos papéis no casamento: pai, sacerdote do lar – Efésios 6.4; Filipenses 3.21; Gênesis 3.21; 4.1-7; 8..20,21; 12.7,8; 26.24,25; Salmos 127.1-5; mãe, ajudadora do marido - Gênesis 1.18; 3.16; Provérbios 31.1-6.

Comunicação no lar – os cônjuges devem exercitar a boa comunicação e o diálogo sadio (Próverbios 18.21;12.25; 4.29; Tiago 3.5,10).

Sola Scriptura!

Nenhum comentário:

Postar um comentário