sexta-feira, 8 de junho de 2012

Ansiedade (imagens falam mais do que palavras (3)


Dário José

Às vezes, a ansiedade se aproxima de nós, gerando nervosismo. Biologicamente, somos marcados por sensações corporais desagradáveis, tais como uma sensação de vazio no estômago, coração batendo rápido, medo intenso, aperto no tórax, transpiração etc. 

A alma fica abatida. É como se sofrêssemos a maior instabilidade das nossas vidas, perdendo próprio o chão que pisamos. Mas a Palavra nos ensina a entregarmos todo o curso da nossa existência a Deus (Salmos 37.5-7; 43.5).

O Senhor Jesus nos orienta que não devemos viver ansiosos por nossa própria vida, no que tange a comida, bebida, vestuário, porque Ele cuida de nós (Mateus 6.25-34). 

O apóstolo Pedro também nos aconselha a lançarmos sobre Deus TODA a nossa ansiedade (I Pedro 5.7). Infelizmente, há os que vivem o oposto, aparentemente “sem medos”, pois não confiam em Deus, mas  neles mesmos. O fim deles não é bom (Salmos 52.1-7;Provérbios 11.28).

Sola Scripturas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário