segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Cinco olhares sobre a tragédia de Santa Maria



Foto: Fernando Borges/Terra
Dário José


Desde que foi divulgada as primeiras informações pela mídia da tragédia oriunda do incêndio na boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul, na madrugada do último domingo (27), até o momento, com 232 pessoas mortas, as redes sociais sofreu uma verdadeira revolução, através do Facebook e do Twitter, internautas de todo o país compartilham dor, imagens, denúncias e solidariedade em seus perfis.


Esse infortúnio mexeu com o Brasil, emocionou a presidenta Dilma Roussef, tornou-se manchete na imprensa nacional e internacional, despertou a atenção de líderes e personalidades de todo mundo.


Mas, gostaria de refletir e destacar cinco olhares acerca desse funesto acontecimento: 


O olhar da simpatia. A afinidade que aproxima muitas pessoas da tragédia por terem já perdido alguém em situação idêntica.


O olhar da antipatia. Expressa uma repulsa instintiva, que afasta tais pessoas do fato, achando que isso nunca possa ocorrer com elas. Alguns, até por fanatismo religioso, fazem juízo temerário sobre as vítimas desse sinistro.


O olha da apatia.  É o olhar da imparcialidade de espírito ou total indiferença as coisas ao redor. Infelizmente há pessoas que agem assim. De certa forma, a imprensa que presta um bom serviço informando, divulgando e expondo os fatos, às vezes (por parte de alguns), também age apaticamente em face de tragédias dessa proporção. 

Charge de Carlos Latuff


O olhar da elegia. Isso tem a ver com os sentimentos de queixa, dó, tristeza, dor, perca e saudades experimentado por todos familiares e amigos dos que se foram neste infortúnio.


O olhar de empatia. É o sentimento ou estado de espírito no qual uma pessoa se identifica com outra, se colocando no seu lugar. Quem assim age, ora e intercede pelos familiares e pelas pessoas chegadas às vítimas, pois isso é uma característica do verdadeiro cristão (Romanos 12.15).

Que Deus console a todos que sofreram a perda irreparável de um ente querido ou de um amigo nesse fatídico dia 27 de janeiro de 2013.

Nenhum comentário:

Postar um comentário