terça-feira, 8 de janeiro de 2013

O adesivo do seu carro diz quem é você?



Dário José

Numa rápida pesquisa via internet e no dia a dia, nos deparamos como muitas frases de adesivos de carros de pessoas ditas cristãs. Poderemos vê-las até como cômicas, porque o “trágico” de tudo isso talvez esteja na falta de uma teologia sadia, ou seja, conhecimento doutrinário basilar.  


Se você tem no seu carro uma dessas frases em adesivo, por favor, entenda que não é nada pessoal, é só uma crítica à impressão que as palavras contidas neles provocam em mim.  Você pode acatar ou rejeitar. Afinal de contas, todos têm o direito de colocar no seu veículo o que bem entender.


Vejamos algumas frases:

“Não sou dono do mundo, mas sou filho do dono" - Essa frase destila arrogância. Ser filho de Deus nos liga e nos compromete diretamente com os nossos irmãos na fé (I João 2.10; 3.10; 4.20). 


“Sou filho de Deus e irmão de Jesus. Será que sou fraco?” – Eis aqui o 'irmão' do arrogante, o ‘senhor prepotente’. Ser filho de Deus e irmão de Jesus não nos  faz melhor do que os outros, mas só nos compromete diante de Deus (João 1.12; Romanos 8.14,16; I João 5.2; Hebreus 2.11).


Rastreado por Jesus. O Senhor Jesus por acaso é um paparazzi? Todas as coisas que fazemos, falamos e até pensamos, estão descobertas e patentes aos olhos dEle. Ele não precisa nos rastrear (Hebreus 4.13).


Deus é fiel– A fidelidade de Deus não faz ‘vista grossa’ a nossa infidelidade. Ele é fiel a sua Palavra e não tem o culpado por inocente (Jeremias 1.12; Êxodo 34.7; Números 14.18; Naum 1.3).


Crente a bordo- Se quem dirige esse veículo tiver um mau comportamento no trânsito, dizer palavrões e fizer gestos obscenos, qual benefício traria ao Evangelho de Cristo?  Seria melhor não usar o adesivo. (I Coríntios 10.32).


Propriedade exclusiva de Jesus. Só o cristão é propriedade exclusiva dEle (I Pedro 2.9). 


Venha para Jesus e pare de sofrer Jesus nunca ensinou isso. Ele falou de aflições, mas nos prometeu alívio e nos conferiu responsabilidades (João 16.33; Mateus 11.28-30).


“Foi Deus que me deu” – é perigoso confundir a vontade permissiva de Deus com a sua vontade diretiva. Só a bênção advinda do Senhor não traz desgosto. Nem tudo que alguém possui vem de Deus (Provérbios 10.22).


“Calma, vai dar tu certo!” – Otimismo é uma coisa, fé bíblica é outra 'história'. E se as coisas derem erradas? (Romanos 4.18; 5.1-5; 8.28).

5 comentários:

  1. a coisa mais ridícula que eu já vi na internet está escrita nessa pagina desse blog. Meus Deus, dai luz a esta alma. A sua arrogância é tamanha, nem vou comentar nada sobre o que está escrito ai, conhecimento é tudo. Pratique. ;)

    ResponderExcluir
  2. O irmao ai nao concorda com nada nao.... Deus abençoe ele

    ResponderExcluir
  3. !!"Que besteira e o que esse cara fala em!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. Com um comentário ridículo como esse que você fez , só posso te dizer uma coisa: você não é um homem de fé. Vai orar mais vai...e..peça mais fé.

    ResponderExcluir
  5. Com um comentário ridículo como esse que você fez , só posso te dizer uma coisa: você não é um homem de fé. Vai orar mais vai...e..peça mais fé.

    ResponderExcluir