segunda-feira, 4 de março de 2013

Os três “efes” das relações humanas!


Dário José

“As relações humanas entre indivíduos têm vida própria e peculiar, que ultrapassa as características de seus componentes e se manifesta não só na relação de um grupo com outro, mas também, e principalmente, nas relações que os membros de um grupo mantêm entre si.” [1]

As relações humanas necessitam de mútua interação, tanto individual como coletivamente. Teorizando, as ciências sociais (sociologia e psicologia), chamam isso de dinâmica de grupo. Na prática (aplicação ou técnica), as relações humanas são medidas e direcionadas pela já citada dinâmica de grupos, que é a aplicação do relacionamento interpessoal.

Os “efes” das relações humanas

O primeiro “F” é de Fogo. O fogo possui calor, energia e luz.  Para manter o fogo aceso nas relações humanas, precisamos de calor humano (comunhão), energia (força moral) e luz (verdade).  E para a manutenção do “fogo”, é necessário “buscar” e “ter” um bom estoque de “lenha”. Isso requer trabalho árduo.

O segundo “F” é de Forma. A forma aponta apenas para o aspecto exterior de um relacionamento. As relações humanas baseadas só nas aparências estão fadadas ao fracasso, pois são baseadas apenas no formalismo. Formalismo é o mesmo que farisaísmo, falsidade, mentira.

O terceiro “F” é de Fóssil. O fóssil é aquilo que é extraído e desenterrado de dentro da terra, mesmo tendo forma, está morto. Quando um relacionamento chega ao “estágio” de fóssil, então o que se vislumbra é a iminente "morte" desse relacionamento. 

As relações humanas são exercitadas entre membros de grupos, que estão na família, na escola, na faculdade, na empresa, na igreja, na comunidade onde se reside, etc. No mundo atual onde há muitos que têm mais amigos virtuais nas redes sociais do que amigos reais, qual dos três “efes” estamos de fato desenvolvendo e mantendo nas nossas relações interpessoais?

[1] Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário