quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Escolhas



Dário José

Escolher é selecionar com discernimento? 
Depende. Pode ser ou não.
Vontade de Deus ou apenas o seu consentimento?
Só o tempo responde essa indagação!


O selecionado reflete a alma de quem o escolheu? 
Evidente. Isso é cristalino.
Como se sabe se é do homem ou é de Deus?
Do Alto vêm os dons, da terra os desatinos!


As escolhas poderão gerar vida ou atrair a morte? 
Com certeza. É assim que funciona.
Deus tem um plano ou conta apenas com a “sorte”?
Não, Ele nunca se engana!


Devemos escolher seguindo a orientação divina? 
Sempre. Isso é imprescindível.
Deus não conserta quando o homem “desafina”?
Quanto a isso, Ele é inflexível!

Nenhum comentário:

Postar um comentário