segunda-feira, 28 de outubro de 2013

Amazing Grace - Maravilhosa Graça!



Não entendo a Graça de Deus nem o Deus de toda a Graça! Mas, afinal de contas, não é para se entender, é para se desfrutar! 

Assista ao vídeo. Não relute, caso queira chorar!



quinta-feira, 17 de outubro de 2013

A Última Pregação De Um Grande Homem De Deus




Série: Líderes Que Marcam

Dário José

O pastor e evangelista David Wilkerson começou seu ministério em meados de 1958, pregando para pessoas marginalizadas nos subúrbios de Nova Iorque.

Um dos primeiros frutos de suas pregações foi a conversão de Nick Cruz, um chefe de uma temida gangue local. O seu livro autobiográfico, o Best Seller A Cruz e o Punhal, relata exatamente os cinco primeiros anos do seu trabalho evangelístico, onde conta desde a história de sua chamada até a fundação do Teen Challenge (Desafio Jovem), um ministério destinado a resgatar rapazes e moças, membros de gangues, viciados em drogas e alcoólatras.

Em 1987 veio a fundar no coração de Nova Iorque, a igreja que ficou conhecida como Times Square Church (Igreja da Times Square).

Dos seus livros, dois marcaram a minha juventude: A Cruz e o Punhal e Tocai a Trombeta em Sião.

O reverendo David Wilkerson morreu aos 79 anos, num acidente de carro no Texas, numa tarde de quarta-feira, dia 27 de Abril de 2011.

Assista ao vídeo abaixo, que traz relatos da sua vida e sua última pregação:

terça-feira, 15 de outubro de 2013

Aos mestres, com carinho!



Dário José
 
Professores: 
Desenvolvem a arte da docência
Esculpindo mentes com rara competência,
Lapidando em pedras brutas, a inteligência...


Mestres: 
Mesmo versados em ciência,
Às vezes, o Estado os relega à sobrevivência,
Pois enfrentam, com baixos salários, descaso e  delinquência...


Ensinadores: 
Partilham conhecimentos e potências,
Tendo os demais profissionais como discência,
Tornado às suas escolhas, base e referência...

segunda-feira, 7 de outubro de 2013

Buscar a Deus com diligência ou buscar de madrugada?



Dário José

Há um texto bíblico no livro poético de Provérbios, escrito por Salomão, que é interpretado incorretamente. O texto em apreço é o de Provérbios 8.17. O problema reside na versão de João Ferreira de Almeida Revista e Corrigida, onde aparece a palavra “madrugada”:
 
“Eu amo os que me amam, e os que de madrugada me buscam me acharão.” (ARC - Almeida Revista e Corrigida).

Ao ler o texto, a primeira ideia que vem à  mente é que, para  quem “busca” o Senhor no período em que os demais dormem (meia noite às 5h da manhã), torna-se mais fácil “achá-LO”.

Há quem diga que de “madrugada a ‘fila’ é menor” para quem quer orar, pois “Deus está mais disponível” ao atendimento.

Temos que entender o texto à luz da interpretação hermenêutica, levando em consideração três realidades: 1) Deus não está restrito ao tempo, pois não dorme (Salmos 121.1-8); 2) os fusos horários variam de um país para outro, de continente para continente: enquanto alguns estão orando pela manhã, comitantemente, outros estarão dormindo, e outros estarão acordando; 3) a palavra procurar texto no (*) hebraico é שחר (shachar), se traduz por buscar cedo ou buscar sinceramente; buscar de pronto. Esse buscar cedo não é orar de madrugada, antes do romper da aurora, mas buscar com verdade, sendo sincero e buscar com diligência.

Veja abaixo outras versões atuais que nos leva a uma melhor compreensão do texto:

“Eu amo os que me amam; os que me procuram me acham.” Provérbios 8.17 (ARA - Almeida Revista e Atualizada).

“Eu amo aos que me amam, e os que cedo me buscarem, me acharão.” (ACRF-  Almeida Corrigida e Revisada Fiel).

“Amo os que me amam, e quem me procura me encontra.” (NVI - Nova Versão Internacional).

“I love them that love me; And those that seek me diligently shall find me.” ou seja, “Eu amo quem me ama; E aqueles que me procuram diligentemente me acharão.” (American Standard Version). (Grifos nossos).

Na análise deste versículo, a passagem de Provérbios está completamente fora de contexto. É “achismo”, ou seja , é o que leitor pensa do texto e não o que o texto quer dizer ao leitor. Não é errado orar pela madrugada, pode até ser muito proveitoso.  Porém, entender que Deus está (mais) disponível no período noturno é no mínimo, analfabetismo bíblico. 

Houve provavelmente um equívoco na tradução, pois o termo "de madrugada me buscam" só é encontrado na versão Almeida Revista e Corrigida (ARC).

(*) Strong, James: Léxico Hebraico, Aramaico E Grego De Strong. Sociedade Bíblica do Brasil, 2002.

quarta-feira, 2 de outubro de 2013

Escolhas



Dário José

Escolher é selecionar com discernimento? 
Depende. Pode ser ou não.
Vontade de Deus ou apenas o seu consentimento?
Só o tempo responde essa indagação!


O selecionado reflete a alma de quem o escolheu? 
Evidente. Isso é cristalino.
Como se sabe se é do homem ou é de Deus?
Do Alto vêm os dons, da terra os desatinos!


As escolhas poderão gerar vida ou atrair a morte? 
Com certeza. É assim que funciona.
Deus tem um plano ou conta apenas com a “sorte”?
Não, Ele nunca se engana!


Devemos escolher seguindo a orientação divina? 
Sempre. Isso é imprescindível.
Deus não conserta quando o homem “desafina”?
Quanto a isso, Ele é inflexível!