segunda-feira, 31 de março de 2014

“Euquipe” ou equipe!



Ilustrações: D. Felix (esquerda) e Máximo Campos Leyba (direita)
Dário José 

Ouvi de certo professor a seguinte expressão: “Ninguém reúne uma “euquipe” em si mesmo, mas precisa de uma equipe para realizar bem qualquer trabalho em torno de si. Há os que trabalham em equipe e os que se sentem a própria “euquipe”.

O euquipe é centralizador.

Quem lidera uma equipe divide tarefas.

O euquipe vê as pessoas como “meios descartáveis” para atingir seus fins.

Quem guia uma equipe enxerga um alvo que deve ser alcançado para o bem de todos no final.


O euquipe diz: “quem manda aqui sou EU”, “fui EU que realizei”, “sem MIM nada funciona”...

Quem coordena uma equipe elege e elencam partícipes, reconhecendo os méritos de cada um.

O euquipe não “enxerga” aptidões e talentos alheios, achando que isso o inferioriza;

Quem tem visão de equipe torna-se grande ao fazer seus liderados crescerem e desenvolverem seus dons.


O euquipe forma um “grupo silencioso” em volta de si buscando sempre ser blindado.

Quem dirige uma equipe, às vezes até se fere para defender os seus e aprende com as críticas.


O euquipe só consegue enxergar o próprio “umbigo”.

Quem comanda uma equipe tem visão de “corpo”: cuida desde a “unha” do pé aos “fios do cabelo”.

O euquipe até pede sugestões, mas no fim só prevalece a sua opinião.

Quem conduz uma equipe estar sempre aberto a ouvir opiniões e conselhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário