domingo, 11 de janeiro de 2015

Com quem se decepcionar, se Deus não posterga promessas!

Dário José

Vejo gente decepcionada com tanta gente igual,
Pois firmou seu coração no que Deus não falou...
Fizeram planos acalentando sonho utópico e irreal,
Comprovando que não conhecem a voz do Pastor.

Vejo que isto pode ser entendido de uma simples maneira:
Os “decepcionados” não unem seus corações às Escrituras,
Então pensa, fala e até escreve em redes sociais, besteiras...
Na sua comiseração, se comporta como vítima de torturas.

Mas também vejo delírios serem elogiados como sensatez,
Dos que do puro Evangelho mantém distante o coração...
Então, os “decepcionados” sofrem com tamanha estupidez,
Esquecendo-se de manter uma vida cristã de frutificação.

Vejo até, na mão de neófito “duas páginas” com pequeno texto,
E ao lado, quem massageia seu coração diz: “Que bela história!”.
E, quem tem “dez páginas” diz: “Ei, isto está fora do contexto...”,
Torna-se embrutecido e grita: “Eu... Eu também tenho história...”.

Mas vejo que “quem tem história” foca em Deus sua dependência,
Pois sabe diferenciar a voz do coração e a voz do Supremo Pastor!
Com “decepcionados”, neófitos e seus promotores tem prudência,
E entende que o caminhar só valerá a pena se empreendido com amor.

Vejo que amar é o único antídoto que corta o veneno das emoções,
Pois quando o coração é dominado por completo desse sentimento,
Não haverá mais nenhuma “câmara secreta” guardando “decepções”
E o nosso falar não será áspero nem um lamuriante grito de lamento.

Vejo que Deus é Soberano e que nunca postergará suas eternas promessas!
Os que nEle unicamente espera, descansa por completo o seu frágil coração,
E em meio à transloucada, desumana e desenfreada “correria”, não tem pressa,
Anda sobre o sólido caminho da Palavra, nunca por vias pantanosas da decepção.

Nenhum comentário:

Postar um comentário