terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Maquiagem

Dário José

Maquiagem...

Não falo da maquiagem estética, o make up facial
De cílios, sobrancelhas, pálpebras e contorno labial
Que atenua em alguém traços da  imagem natural

Não me refiro da maquiagem cinematográfica
E à dos ensaios ante as lentes fotográficas
Ou a dos palcos das representações dramáticas

Falo da maquiagem que falsifica o que se diz
Que busca mostrar a realidade que não condiz
Que até tenta, mas em tudo sempre se contradiz

Falo daquela tão modificadora maquiagem
Que monta um incongruente personagem
Distanciando do indivíduo, sua real imagem

Maquiam-se bons gestos com apertos de mãos
Maquiam-se palavras suavizando a elocução
Maquia-se um sorriso divorciando-o do coração

É maquiagem que esconde n’alma “hematomas”
E não evidenciam na “derme” seus reais sintomas
É “fotografia” que mostra cenas e oculta aromas!

Ah! Como esse maquiar danifica a naturalidade!
Só consegue mostrar a face das ambiguidades
Pois cara real e limpa só quem tem é a verdade!

Nenhum comentário:

Postar um comentário